Ficar triste e com raiva pode fazer com que o câncer volte?


Tristeza, stress e irritações constantes podem ser motivos para o retorno da doença?

A maioria parte dos brasileiros sobrevive ao câncer, mas sabe-se que os tratamentos deixam sequelas e muitas delas emocionais. Será que ficar triste e com raiva, mesmo depois do fim do tratamento, pode fazer com que o câncer volte? O oncologista Paulo Hoff tirou dúvidas sobre o câncer no programa Bem Estar desta quarta-feira (13.09.2017).

“O câncer não é causado por sentimentos como tristeza, raiva e ansiedade e também não retorna por causa disso, mas depressão e ansiedade também são doenças graves e que devem ser tratadas. É muito importante conversar com os profissionais de saúde ou grupos de apoio de pacientes durante e após o tratamento.”

Como o câncer não é só uma doença, mas muitas diferentes, essa fase pode variar muito de paciente para paciente após o termino do tratamento ou o diagnóstico. Alguns precisam de remédios, outros só precisam de acompanhamento. Também pode ser necessário aguardar um período para se considerar livre do câncer. Em todos os casos, o acompanhamento da equipe que diagnosticou/tratou é essencial.

E quando o tratamento termina é preciso tomar um monte de vitaminas ou excesso de vitaminas pode provocar o câncer? Quem respondeu essa dúvida foi a nutricionista Danielle Fontes. “Não é recomendável se entupir de vitaminas, pode até ser perigoso fazer isso sem recomendação médica. O importante é investir muito em alimentação o mais natural possível.”

Algumas recomendações são universais para todo tipo de câncer: evitar bebidas, carne vermelha e sal.

O excesso de álcool, a carne vermelha, os embutidos e o sal em excesso são fatores de risco reconhecidos para o câncer.

Veja a notícia original com vídeos: https://g1.globo.com/bemestar/noticia/ficar-triste-e-com-raiva-pode-fazer-o-cancer-voltar.ghtml