O câncer de cólon e a Carne Vermelha


Estudos feitos por pesquisadores norte americanos mostram relação entre o excesso no consumo de carne vermelha e o câncer de cólon!

O cólon é também conhecido como intestino grosso, corresponde a parte central do intestino grosso e está dividido em cólon ascendente, transverso, descendente e sigmoide. Ele tem importante papel dentro do nosso aparelho digestivo. Confira a imagem abaixo:

câncer de cólon e a Carne Vermelha

Ao serem ingeridos, os alimentos são digeridos no estômago e no duodeno e depois passam pelo intestino delgado, onde os nutrientes são absorvidos pelo organismo.

A sobra desta digestão, transforma-se no bolo fecal, que percorre o intestino grosso, onde toda a parte líquida é extraída. Daí, passa pelo reto, até chegar ao ânus e ser expelido na forma de fezes.

LEIA TAMBÉM: TIPOS DE CÂNCER MAIS COMUNS EM HOMENS

Relação do Câncer de Cólon com consumo excessivo de carne vermelha

Como podemos ver acima, o Cólon tem papel importantíssimo para o bom funcionamento do corpo humano, é os casos de câncer nesta região são considerados bem agressivos.

Pois este nosso “amigo”, pode ser afetado pelo grande consumo de carne vermelha. Foi o que revelou um estudo da American Câncer Society, feito nos Estados Unidos durante 10 anos com cerca de 150 mil pessoas com idades entre 50 e 74 anos.

Dentre os pesquisados, aqueles  que consumiram mais carne vermelha, tiveram um aumento de 30% no risco de desenvolver câncer de cólon. O estudo mostrou ainda, que aqueles que diminuíram o consumo de carne e aumentaram o de peixe e frango, também tiveram reduzidas as chances de serem afetados pela doença.

Já não é o primeiro estudo que comprova certa relação entre o consumo de carna vermelha e o surgimento do câncer, por isto meus amigos. Vamos evitar os excessos e comer mais frango e peixe!

A informação pode salvar vidas! Compartilhe este artigo, principalmente para aquele seu parente ou amigo que só come carne vermelha!

LEIA TAMBÉM: CÂNCER DE INTESTINO – SINTOMAS, CAUSAS E TRATAMENTO